segunda-feira

"A Servidão Humana" de Somerset Maugham

Publicada por Ana Isabel Pedroso
Sinopse:

Servidão Humana é um dos romances mais emblemáticos do século XX e a obra-prima de Somerset Maugham. Esta narrativa clássica de entrada na idade adulta conta a história de Philip Carey, alter ego do autor na sua juventude, dividido entre o fervor religioso da família e o desejo de liberdade que os livros e os estudos lhe dão a conhecer. Na sua ânsia por independência e aventura, Philip sai de casa em busca de uma carreira como artista em Paris. Mas os seus planos vão ser postos em causa quando se apaixona perdidamente pela mulher que mudará a sua vida para sempre.


Relato inigualável sobre o poder do desejo e da sede de liberdade do homem moderno, Servidão Humana coloca-nos friamente perante a nossa própria visão da vida, as nossas dúvidas e o poder transformador das decisões.


Sobre o autor:
William Somerset Maugham, um dos mais famosos romancistas e dramaturgos ingleses do século XX, nasceu em Paris, em 1874. Filho de diplomatas britânicos, cedo ficou órfão, tendo sido educado por um tio, vigário de Whitstable. Apesar de ter estudado Medicina na Alemanha e em Londres, nunca chegou a exercer, tendo sido, entre muitas outras actividades, condutor de ambulâncias durante a Primeira Guerra Mundial (à semelhança de escritores como Ernest Hemingway) e espião. As suas viagens um pouco por todo o mundo influenciaram profundamente a sua escrita. Em 1928 comprou uma propriedade na Riviera francesa, onde recebeu as mais importantes figuras do mundo literário, social e político da sua época, e que seria a sua casa até 1965, ano da sua morte.

Entre as suas obras mais conhecidas, destacam-se Servidão Humana e O Fio da Navalha. Para além destes romances, fazem parte do catálogo da ASA as suas obras Paixão em Florença, A Lua e Cinco Tostões, As Paixões de Julia e O Véu Pintado. Em 1947 instituiu o Somerset Maugham Award, prémio que distinguiu, entre outros, escritores como V. S. Naipaul, Kingsley Amis, Martin Amis, Alan Hollinghurst, Julian Barnes e Zadie Smith. Muitos dos seus romances foram já adaptados ao cinema. “Maugham foi o escritor moderno que mais me influenciou”George Orwell.


A minha opinião:
EXCELENTE!!!!

Este ano no Natal e devido à crise, decidimos na familia fazer o amigo oculto e em boa hora o fizemos porque o meu amigo oculto, que por acaso foi o meu marido, ofereceu-me este EXCELENTE livrinho!!!!!!!!

Obrigada Maridão!!!!

Excelente ideia!!!

Já tive oportunidade de ler este livro há uns anitos. Como não o encontrava nas livrarias, recorri à biblioteca municipal da minha zona e li um exemplar muito velhinho.

Adorei a história e fiquei fã dos livros do Somerset Maugham.

Eu que não sou nada de ler livros pela segunda vez, desta vez vou fazê-lo, pelo prazer de uma nova leitura...

...passados, talvez, uns quatro anos.

Sendo um grande clássico, devia de ser uma leitura obrigatória!



9 comentários:

Tinkerbell on 15:04 disse...

que inveja :( tenho o véu pintado e servidão humana tem uma capa tão linda e parece ser tão lindo!!!! ando sempre a vê-lo abandonado numa fnac, bertrand a implorar para levá-lo para casa lol

bjocas e boas leituras**

Aline Maziero on 20:08 disse...

Esse eu não conheço, Ana. Mas que marmelada em família hein? Logo o marido te pegar.. Deste autor conheço apenas "O fio da navalha, que é excelente. Beijos e um ótimo ano novo de leituras pra nós!

Iceman on 01:36 disse...

Não me canso de repetir que, "Servidão Humana" é um dos livros da minha vida.

Já li e reli algumas vezes e em todas elas fascina-me a escrita e a história.

Um excelente 2010.

Paula on 02:03 disse...

Tenho de ler este livro.
Sou leio comentários bons!
Um abraço e 2010 en grabde.

Bia on 07:53 disse...

Olá!
Tem uma brincadeira lá no meu blog!
Gostaria que você participasse! Não é selinho!

Bjs
Bia
Livros de Bia

O Cantinho da Mimi on 04:02 disse...

Feliz ano novo linda :)
Beijocas*

Juliana on 12:25 disse...

Tenho esse livro há anos ,mas nunca consigo terminar de ler. vc me animou... Que blo legal! adorei

flicka on 15:01 disse...

Mudaste o visual do blog!!! Assim é que é! Ano Novo, novas mudanças! ;-)

Desejo-te um Ano Novo 2010 cheio de coisas boas e amor junto da família e deliciosas leituras!!
:)*

Sandro on 00:06 disse...

Gostaria de deixar minha opinião sobre o livro,não sei vcs mas ele realmente é incrível,merece ser chamado de obra prima.Entrar na vida do Philip Carey com todos os problemas que ele passa,principalmente com o comportamento tímido que ele tem é uma viagem na condição humana,seja com o que temos de bom ou ruim.Vale muito a pena conhecer essa obra,tem uma profundidade em lidar com a natureza humana e o drama da vida de um jeito intenso e comovente,pelo menos foi assim pra mim,podia até falar mais mas acho que já basta.É um livro enriquecedor em todos os sentidos,eu achei.
Abraço.

 

Livros, o meu vício Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare