quinta-feira

"O Voo do Corvo" de Jeffrey Archer

Publicada por Unknown 0 comentários


Título: O Vôo do Corvo
Autor: Jeffrey Archer
Páginas: 596
Editora: Europa-América


Sinopse:
Nascido no East End de Londres no virar do século, Charlie Trumper conserva como primeira recordação o carrinho de venda de frutas e hortaliças do avô. Quando o avô morre, o único desejo do jovem Charlie é continuar com o negócio. Passado pouco tempo começara a espraiar as asas para lá das ruas movimentadas e populares de Whitechapel, sendo o seu grande objectivo ter uma loja que vende tudo: o maior carrinho do mundo.
A guerra interrompe brutalmente esses planos e deixa-o com o melhor amigo morto, uma herança misteriosa e um inimigo implacável que não descansará enquanto não destruir Charlie e a vida dos que lhe são mais queridos.
O progresso de Charlie Trumper de Whitechapel até Chelsea Terrace, onde o maior carrinho do mundo tem o seu início, é apenas de alguns quilómetros em linha recta, mas sob a pena talentosa de Jeffrey Archer torna-se uma viagem épica através dos triunfos e desgraças do século XX, seguindo um fio de ambição, amor e vingança que abrange três continentes, enquanto Charlie luta para cumprir o sonho que o avó lhe inspirou.

Sobre o autor:
Escritor e político inglês, Jeffrey Archer nasceu em 1940, em Weston-super-Mare. Frequentou a escola de Wellington, em Somerset, onde os seus feitos atléticos despertaram a atenção dos seus professores, que o conseguiram inscrever na equipa olímpica britânica como corredor de cem metros. 
Em 1963 ingressou no Brasenose College da Universidade de Oxford, de onde recebeu um diploma em Educação Física em 1966. Aí conheceu também Mary Weedon, que se viria a tornar, não só professora catedrática de Química, como sua esposa. 
Em 1968 Archer fundou uma empresa de relações públicas, que lhe trouxe uma pequena fortuna. No ano seguinte foi eleito membro do Parlamento pelo Partido Conservador, o que o tornou no mais jovem deputado da história daquela instituição. 
Em 1974 foi à falência, depois de ter investido uma soma considerável numa empresa canadiana fraudulenta. Com dívidas monumentais, viu-se forçado a abandonar o Parlamento, alugou um quarto em Oxford e começou a escrever um romance baseado nas suas experiências pessoais. 
Assim, dois anos depois publicou Not A Penny More, Not A Penny Less(1976), que se tornou um sucesso de vendas imediato nos Estados Unidos da América, e estabeleceu o seu autor como um romancista promissor. 
Ao fim de pouco mais de uma dezena de romances publicados, Jeffrey Archer recuperou a sua fortuna, pelo que decidiu retornar à política. Em 1985 foi nomeado vice-presidente do Partido Conservador pela então primeira-ministra Margaret Thatcher mas, no ano seguinte, a sua imagem pessoal foi abalada por um escândalo sexual, que conseguiu no entanto ultrapassar, processando em tribunal o periódico que o acusara. 
Em 1992 foi investido Lorde no âmbito das comemorações do aniversário da Rainha de Inglaterra, passando a ocupar um lugar na Câmara dos Lordes do Parlamento britânico. Não obstante, em 1994 foi de novo o centro de atenções num escândalo que o envolvia nas transacções obscuras de uma cadeia de televisão. 
Em 1999 decidiu candidatar-se à presidência da Câmara de Londres mas, depois de ter investido cerca de um milhão de libras dos seus fundos pessoais, foi obrigado a abandonar a corrida, quando se descobriu que havia cometido perjúrio no julgamento de 1986, e expulso do partido. 
Foi condenado a uma pena de dois anos de prisão numa cadeia de segurança mínima em Outubro de 2001. 
Publicou, entre outras obras, Kane And Abel (1980), The Prodigal Daughter(1982), A Matter Of Honour (1986), Honour Among Thieves (1993) e To Cut A Long Story Short (2000).
Jeffrey Archer. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2008.

A minha opinião:
Para primeira leitura de verão escolhi um dos meus autores favoritos, Jeffrey Archer. Este autor cativou logo no primeiro livro, "Os Filhos da Fortuna". Depois, disso, quando vejo um livro de Jeffrey Archer na prateleira da biblioteca, não resisto, tenho de o trazer comigo.
Este autor tem a capacidade de nos cativar logo nas primeiras páginas. Histórias simples dão origem a tramas deliciosas com os ingredientes necessários para que o leitor não poise o livro senão quando o acaba.

Este livro não foge à regra do que estou habituada a ler de Jeffrey Archer, uma história simples que depois se entrelaça com outras pequenas histórias. 

Poderia fazer um pequeno resumo sobre o livro, mas acho que será muito mais interessante ir descobrindo os seus segredos com o virar de cada página.


 

Livros, o meu vício Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare