segunda-feira

"Traição" de Lyndsey Harris

Publicada por Unknown 6 comentários
Sinopse:
"Sarah Harris era uma criança feliz e apreciada por todos. Até se tornar, repentinamente, no alvo de um inimigo perigoso mas invisível — e a sua vida, e da família, transformou‑se num verdadeiro inferno. Em pouco tempo, a menina de seis anos foi suspensa da escola, alienada pelos amigos e vítima de suspeição no seu próprio lar.

Para a mãe, Lyndsey, foi como viver para além dos seus piores pesadelos. A filha que tanto amava parecia ter‑se transformado de um dia para o outro numa criança de quem quase tinha medo. A sua menina fazia o impensável: cortava tudo e mais alguma coisa, tentava envenenar os amigos, e chegou inclusivé a acusar os próprios pais de abuso sexual.

Em breve, o casamento de Lyndsey ficou à beira do abismo, os serviços sociais ameaçaram retirar as crianças aos pais e Lyndsey teve de lutar com todas as forças para manter a família unida. Mas o pior estava ainda para vir, quando Lyndsey descobre que foram todos vítimas da traição mais dolorosa…"

Imprensa:
A história comovente de uma família que sobreviveu aos seus piores pesadelos e à mais dolorosa traição.
«Maravilhosamente contada… uma óptima leitura.» Richard Madeley, Richard & Judy
««Cativante.» heat
«Extraordinário… um testemunho encorajador de como uma família sobreviveu a um pesadelo que quase a destruiu.» Daily Express
«Mesmo que normalmente não se deixe levar pelas emoções, este é um livro para sentir o seu coração apertado…» Northern Echo
«É uma história tão extraordinária que de vez em quando temos de nos lembrar de que efectivamente aconteceu. International Express


Sobre a autora:
Lyndsey Harris é um pseudónimo. Todos os nomes foram alterados para proteger a privacidade da filha de Lyndsey.

Em Inglaterra, onde foi originalmente publicado, Traição vendeu mais de 220 mil exemplares, foi número dois da lista dos mais vendidos do Sunday Times e permaneceu no top dez durante sete semanas. Traição recebeu ainda a distinção «TRUE» de Richard & Judy Book Club, para a melhor história verídica de 2006.
A minha opinião:
Comovente e muito sofredor.
Sofri pela mãe e pela filha ao viverem um drama tão grande, durante tanto tempo.
E nunca devemos de fazer ouvidos moucos aos miúdos!
Um excelente livro!!!!

(Obrigada fbeatriz pela oportunidade de fazer parte deste aliciante projecto do site "Segredo dos Livros"!)


sábado

Adeus Princesa

Publicada por Unknown 0 comentários


Sentimos a tua falta.
Não te esqueceremos, onde quer que estejas.
Descansa em Paz.
Até sempre.



quarta-feira

"Irmãs de sangue" de Barbara e Stephanie Keating

Publicada por Unknown 6 comentários

Sinopse:
"Irmãs de Sangue passa-se no Quénia. Durante a infância, três raparigas de meios sociais muito diferentes tornam-se irmãs de sangue: a irlandesa Sara Mackay, a africânder Hanna van der Beer e a britânica Camilla Broughton Smith. Elas juram que nada nem ninguém quebrará o elo que as une mas o que o futuro lhes reserva vai pô-las à prova.
Mas as consequências da rebelião Mau-Mau e as tensões e as convulsões do Quénia recém-independente dilaceram os seus sonhos de infância. Separadas pela distância e pelas obrigações familiares as três jovens são atiradas para um mundo de interesses em conflito.
Camilla Broughton Smith torna-se numa modelo de sucesso na animada Londres da década de 1960.
Sarah Mackay é enviada para a universidade na sua Irlanda natal, uma experiência estranha que apenas fortalece a sua determinação em voltar para África.
A família de Hannah Van der Beer esforça-se para manter a fazenda que os seus antepassados africânderes estabeleceram na viragem do século. Os seus laços serão constantemente postos à prova. A sua amizade vira pano de fundo para interesses amorosos concorrentes e promessas quebradas. A agitação política dá origem à violência e a morte torna-se parte integrante das suas vidas.
Irmãs de Sangue é uma história de transição difícil, dos ideais inocentes da infância para as exigências da realidade, por entre acontecimentos catastróficos no continente africano."
Sobre as autoras:
Barbara e Stephanie Keating cresceram no Quénia.
Uma das irmãs mora em França e a outra em Dublin. Tal facto não as impediu de alcançarem um grande sucesso internacional.
Na ASA estão já publicados os seus bestsellers "À Minha Filha em França"e "Irmãs de Sangue".

A minha opinião:
Muito Bom!!!
Pode ficar-se assustada com o tamanho do livro (tem 670 páginas), mas depois de começar a ler, não mais se quer parar!!!
Uma leitura a não perder!!!
(Agradeço à Biblioteca Municipal do Cacém este excelente empréstimo!)

sexta-feira

"Troca de Identidades"

Publicada por Unknown 5 comentários


Sinopse:
"Laura Van Ryn e Whitney Cerak, duas jovens universitárias, foram vítimas de um trágico acidente de viação. Uma foi sepultada sob o nome errado, a outra ficou em estado de coma e a ser tratada por uma família que não era a sua. Troca de Identidades é uma história sem precedentes de duas famílias traumatizadas, que, ao descreverem a bizarra provação a que foram sujeitas, descobrem o laço que as une enquanto enfrentam a reviravolta de uma vida perdida e de uma vida redescoberta. Enquanto as famílias tentam lidar da melhor forma com a chocante revelação, Whitney Cerak, a única sobrevivente, luta por um novo começo.Troca de Identidades tece uma envolvente narrativa de perda, esperança, fé e amor perante uma das mais estranhas ironias do destino que se possa imaginar e celebra as dádivas e os mistérios insondáveis da vida.
Destaque:
A história comovente e chocante de duas famílias que, de repente, trocam de lugar entre uma lápide e a cabeceira de uma cama de hospital.Um trágico acidente de viação resulta na perda de cinco vidas e uma jovem, em estado de coma, luta pela vida. Cinco penosas semanas passam para a família Cerak. Acreditando terem sepultado a filha, Whitney, os Cerak vivem semanas de luto e de dor.Cinco semanas se passam também para a família Van Ryn. Mantendo uma vigília constante à filha, Laura, esperam e não deixam nunca de acreditar na sua recuperação. E, depois, o choque! Afinal, não era Laura – e sim Whitney – quem estava naquela cama de hospital…"


A minha opinião:
Adorei!
Uma história veridica muito tocante...para mim, não deve de haver maior dor, que perder um filho, e estas pessoas tão crentes em Deus, encontraram sempre o apoio Nele para aceitar tudo o que lhe aconteceu.
(Obrigada fbeatriz pela oportunidade de fazer parte deste aliciante projecto do site "Segredo dos Livros"!)

segunda-feira

"Alguém como Tu" de Cathy Kelly

Publicada por Unknown 0 comentários

Sinopse:
"Emma, Leonie e Hannah têm um desejo por concretizar – e então serão verdadeiramente felizes… Para a recém-casada Emma, a felicidade consiste em conceber um filho e escapar ao domínio do pai, que continua a controlar e a criticar cada um dos seus passos.
Leonie, uma divorciada mãe de três adolescentes e dona de um coração grande, procura o verdadeiro amor. Mas quando o homem dos seus sonhos finalmente aparece terá ela coragem para seguir o seu coração?
E para Hannah, a restabelecer-se de uma dolorosa separação, a felicidade advém de uma carreira de sucesso, que lhe dará a tão desejada independência e segurança – algo que, acredita ela, nenhum homem alguma vez lhe poderá dar. Ou será que pode?
Mas, por vezes, desejar algo do fundo do coração pode destruir a felicidade que espreita à porta…
Alguém como Tu enaltece a importância da amizade. À medida que cada uma segue a sua vida, aprende que, com amigas como estas, a vida floresce de formas maravilhosas e muitas vezes surpreendentes.
Imprensa:
«Divertido e encantador.» Booklist
«Um realismo renovado. Uma escrita apaixonada e bem elaborada.» Romantic Times
«Verdadeiramente envolvente.» Mirror
«Estas três mulheres são credíveis e memoráveis. Esta saga acerca da esperança e da desilusão está repleta de introspecção, sexo e, acima de tudo, de uma reconfortante amizade entre mulheres.» Publishers Weekly
«Kelly possui um instinto nato para a construção de personagens e um sentido de humor especial: uma obra encantadora.» Kirkus Reviews
«Uma leitura compulsiva.» Women’s Weekly


Sobre a autora:
Cathy Kelly nasceu em Belfast e cresceu em Dublin. Iniciou a sua carreia num jornal nacional irlandês, onde foi editora de moda e de notícias, crítica cinematográfica e autora da popular coluna de conselhos «Dear Cathy». Actualmente colabora com o jornal Sunday World.
Editou o seu primeiro romance, Woman to Woman, em 1997, que se transformou de imediato num êxito de vendas e converteu Cathy Kelly numa autora reconhecida internacionalmente: os seus livros estão traduzidos em mais de quinze línguas, com milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. Alguém como Tu recebeu o prémio Romantic Novel of the Year, para o melhor romance do ano, em 2001.
Actualmente, Cathy Kelly vive no condado de Wicklow, na Irlanda, com o companheiro e os filhos gémeos. "

A minha opinião:
Adorei!!!
O único contra é ter um tipo de letra pequena.
São três mulheres bem diferentes , mas que procuram apoio umas nas outras.
Para mim a cena mais hilariante é quando a Hannah se encontra no pub McCormack's como Harry.
«Harry é o seu ex. Depois de 10 anos de vida em comum, Harry sente-se a estagnar, por isso deixa a, de um dia para o outro.
Passaram 18 anos meses e Hannah nesse tempo, conheceu o Felix Andretti, um actor em ascensão.
A relação com Felix também não correu bem, pois ele desaparecia de cena sem dizer nada e quando voltava, era como se nada fosse.
No pub:
«Ele agarrou-lhe as mãos.
- Não, és a pessoa menos estúpida que conheço.
Hannah afastou as suas mãos bruscamente.
- Não me toques! - reclamou. O casal sentado na mesa ao lado olhou para eles. Harry lançou-lhes um sorriso meio apologético e Hannah resistiu ao impulso de lho arrancar daquela cara de parvo com um estalo.
- Vieste até aqui para me convencer a sair contigo outra vez? - perguntou ela sem rodeios.
- Não. Sim. Mais ou menos. Queria que fôssemos amigosm - disse ele num tom pouco convincente.
- Já tenho amigos suficientes - devolveu Hannah. - Não preciso de mais. - Preparava-se para lhe despejar o refrigerante em cima quando uma qualquer força interior a fez levantar a cabeça e viu Felix aproximar-se da mesa.
Devia haver alucinógenos no sistema de ar condicionado do pub, deciciu Hannah, a sua mente em câmara lenta, enquanto obsedrvava Felix a aproximar-se. Não havia de facto explicação para o dia de hoje. Quer dizer, encontrar um ex-namorado já era infortúnio, mas encontrar-se com dois...»
Recomendo-o!!!
(Obrigada fbeatriz pela oportunidade de fazer parte deste aliciante projecto do site "Segredo dos Livros"!)

 

Livros, o meu vício Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare