quinta-feira

"Pedaços de Ternura" de Dorothy Koomson

Publicada por Ana Isabel Pedroso

Título: Pedaços de ternura

Autora: Dorothy Koomson / Tradução: Vera Falcão Martins

Páginas: 448

Editora: Porto Editora

Sinopse:
COMO SE EXPLICAM AQUELES MOMENTOS INESPERADOS DE AMOR?

Kendra Tamale regress a Inglaterra, em busca de um novo começo e uma vida tranquila.

Vinda da Austrália, aluga um quarto a Kayle, pai de duas crianças e separado, e arranja um novo emprego. Mas os gémeos de Kyle, Summer e Jaxon, de seis anos, têm outros planos e rapidamente adoptam Kendra como a sua nova mãe.

Aos poucos, Kendra começa a fazer parte das suas vidas, muito embora esconda um segredo doloroso que a obriga a afastar-se de toda a gente - especialmente das crianças.

Então, Kendra reencontra o homem que partilha o seu terrível segredo e tudo se desmorona. Não consegue dormir, é despedida e a mãe das crianças afasta-as dela. A única forma de remediar a situação é confessar o erro terrível que cometeu há tantos anos atrás - algo que prometeu nunca fazer...

Uma história de redenção, esperança e a descoberta do amor nos sítios mais inesperados.


Sobre a autora:
Dorothy Koomson escreveu o primeiro romance aos 13 anos. Chamava-se There's A Thin Line Between Love And Hate e foi escrito ao ritmo de um capítulo por noite, que depois circulava entre as colegas de escola, todas as manhãs. «E elas adoravam!», confessa. Cresceu em Londres e, mais tarde, durante a faculdade, em Leeds. Acabou por regressar a Londres, para fazer um mestrado, e ficou por lá durante alguns anos. Passou por empregos temporários, até conseguir a grande oportunidade no mundo da escrita, colaborando com várias publicações femininas e jornais nacionais.

Contar histórias e escrever ficção constituem uma enorme paixão na vida de Dorothy Koomson, pelo que foi aproveitando cada segundo que tem para trabalhar em contos e romances. Em 2001 teve a ideia que inspirou O Amor está no Ar, e, com ele, começou uma carreira de romancista, que, segundo a própria, «tem sido espectacular!». Em 2006, publicou o terceiro romance, A Filha da Minha Melhor Amiga – que registou um enorme sucesso, vendendo quase 90 mil exemplares no Reino Unido, só nas primeiras semanas. Cerca de um mês depois, o livro foi seleccionado para o Richard & Judy Summer Reads Book Club e as vendas aumentaram para mais de meio milhão de exemplares. Dorothy viveu dois anos em Sidney, na Austrália, e agora está de volta a Inglaterra, embora não saiba dizer por quanto tempo – diz-se «mordida pelo bichinho das viagens…»


A minha opinião:
Uma leitura muito emotiva.
Dorothy Koomson descreve os sentimentos de uma forma tão real e tão intensa.

É um livro MUITO BOM, onde podemos tirar uma lição de vida. O amor move montanhas e não é o amor de homem/mulher ou o amor de mãe/filho, mas o amor duma mulher por duas crianças, que são lhe são nada e ao mesmo tempo são tudo!

Neste livro, a autora toca num tema delicado e preocupante da nossa sociedade, o alcoolismo. O alcoolismo pode destruir uma vida.

A personagem, a Kendra é uma mulher com características muito defenidas e às vezes um pouco opostas. É simpática, meiga, doce, maternal, mas também é dura, e teimosa.

Este livro começa com a chegada de Kendra a Inglaterra. Com este regresso, Kendra pretende dar início a uma nova vida, longe dos problemas que deixou na Austrália.

De uma forma pouco convencional, Kendra conhece o senhorio e os seus filhos gémeos - saída do banho, com uma toalha enrolada ao corpo. Estas duas crianças, Summer e Jaxon, vão alterar e de que maneira a vida de Kendra.

Kyle, o pai das crianças,é um homem recém separado que vai pedir ajuda a Kendra, para que esta o ajudasse na difícil tarefa de tratar dosm filhos
Ashlyn, a mãe das crianças é uma alcoólatra não assumida. Devido a este problema, várias vezes colocou  a segurança dos filhos em perigo.

Aconselho vivamente a leitura deste livro!



A minha filhota com a autora na Feira do Livro de 2010


16 comentários:

Renata on 10:02 disse...

Não conhecia, mas achei a proposta do livro bastante interessante....o alcoolismo é realmnente um garnde mal da nossa sociedade.

beijos

Josiana Rezzardi on 10:35 disse...

Parece ser uma história inteligente!

Marta on 06:50 disse...

Ola Ana
Que foto linda, a da tua filhota com a autora. Gosto imenso dos livros dela.
Beijinho

Ana on 02:16 disse...

Olá!

Renata,
se tiveres oportunidade de ler um dos livros esta autora, fá-lo, vais ver que vais gostar ;)

Josiana,
uma história muito bem escrita ;)

Marta,
a autora é um doce de senhora ;)

Boas Leituras ;)

Mariane on 05:49 disse...

Olá! Além do Compartilhando Leituras, criei um novo blog para postar minhas frases e textos! Quando tiver um tempinho faça uma visitinha, sua presença será uma alegria!!!

Varal de Esperanças - http://marianebraga.blogspot.com/

Angélica on 09:41 disse...

Que legal! Eu não conhecia esse livro, agora fiquei curiosa! Bjooo!

Anónimo disse...

ola acabei d ler o livro ontem e sinceramente está um espectaculo. Inteligente, empolgante, actual muito bem escrito mesmo.
bjs

Ana on 17:00 disse...

Olá!

Mariane, já visitei o teu novo blogue ;) e Gostei!

Angélica, se tiveres oportunidade de ler este livro, fá-lo, pois vai valer a pena!

Anónimo, com Dorothy Koomson é sempre uma leitura 5 estrelas ;)

Su on 17:21 disse...

Olá! Deixei um mimo para ti no meu blog! beijokas

kathy on 19:06 disse...

li "A Filha da Minha Melhor Amiga" e gostei imenso...

miGuel pesTana on 11:04 disse...

Finalizei a leitura desse livro ontem!Devo dizer que fiquei fã da escrita e da escritora.Gostei do final, nao estava mesmo á espera! Fiquei com vontade de ler os outros 2 livros dela, principalmente o A filha da mha melhor amiga.

Sandra on 09:22 disse...

Olá! Adorei o teu blog! Comecei no meu a pouco tempo :) Gostei muito deste livro, ainda não conhecia a autora. Agora quero ler mais dela! As fotos estão giras, que sorte poderes ter estado com ela, eu cá na ilha raramente tenho essa sorte! lol beijinhos

Ana on 06:23 disse...

Olá Sandra,

Obrigada pela tua visita.
Já andei pelo teu blogue e confesso que também gostei e vou passar a segui-lo.

A Dorothy Koomson é muito simpática ;) e qualquer dos livros dela são qualquer coisa de extraordinário...sentimo-nos tocada perante sentimentos tão contraditórios.

Boas Leituras!

Anónimo disse...

eu tambem estive nessa feira do livro e tirei um foto com a Dorothy mas nao consegui tê-la pode indicar me como a posso obter? Adoro o seu blog muito obrigada =)

Ana on 02:08 disse...

Olá ;)

Agradeço o elogio ao meu blog e só pode dizer, bem vinda ao meu cantinho.

Eu sei que no site da Porto Editora também disponibilizam as fotos. Esta foto fui buscá-la ao stand na feira do livro no fim de semana seguinte ao da visita da Dorothy.

Boas leituras!

Anónimo disse...

É um livro bastante interessante ...ela é com certeza uma das minhas auroras favoritas...a leitura é divertida ...com drama e comedia tbm....

 

Livros, o meu vício Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare