terça-feira

"Uma Família Diferente" de Theresa Schedel

Publicada por Unknown


Título: Uma Família Diferente

Autora: Theresa Schedel

Páginas: 208

Editora:  Presença

Colecção: Grandes Narrativas


Sinopse:
Este mais recente romance de Theresa Shedel traz-nos de novo ao convívio da família Breça de Miranda - conhecida de todos os que leram A Morte de Uma Senhora-, aos seus afectos e desafectos, às suas singularidades, às suas personagens únicas e cativantes. E é uma personagem muito em particular - o Beto, um garoto de dez anos, sobrinho-neto da tia Margarida da Quinta do Capitão, que vem pôr em alvoroço todo o universo dos Breça de Miranda, desafiando as posições e atitudes mais conservadoras dos seus, ainda incrédulos, parentes. Na verdade, naquele famigerado Verão em que tudo aconteceu, ninguém queria acreditar que o filho da Clara e do Afonso tinha desaparecido, e a frase "o Beto fugiu", repetida, entre o pânico e a perplexidade, pelos vários Breça de Miranda, iria marcar tão-somente o início de toda uma série de acontecimentos absolutamente inéditos, situados algures entre o rocambolesco e o surrealista, que viriam a abalar aquela família. Mas o grande responsável foi o Verão, e mais precisamente o mês de Agosto, verdadeira caixa de Pandora sempre pronta a libertar sabe Deus que vaga alterosa de insuspeitadas paixões e arrebatamentos… Uma Família Diferente é um romance admirável que revela um delicioso e sofisticado sentido de humor.


A minha opinião:
Não consegui ter com este livro, o mesmo tipo de empatia que tive com o anterior, "A Morte de uma Senhora".
Depois de ler 74 páginas senti-me um pouco desiludida. Esperava muito mais da história, ainda mais sendo uma continuação da família Breça de Miranda.

Este livro é um retrato da nossa sociedade actual. As famílias monoparentais, o sucesso profissional das mulheres e os casamentos desfeitos são alguns dos ingredientes deste livro.

A trama inicia-se no dia um de Agosto, para muitos, mês de férias. Beto é sobinho-neto da Margarida Breça de Miranda, a actual Capitoa e devido a um imprevisto profissional da mãe, vai ter que ir de férias com tio Raul, irmão da mãe. Clara, a mãe de Beto não tem outra solução senão deixar Beto com o tio Raul. Antes de irem para a casa que Clara alugou, o tio Raul resolve fazer uma paragem num parque de campismo para visitar uma amiga.
As coisas correm tão bem ou tão mal, que Beto resolve fugir.
Já em Lisboa, Beto trava conhecimento com D.Berta no Jardim da Estrela. Esta vendo que ele está sozinho e não tem para onde ir, acolhe-o em casa.
Beto não é uma criança como as outras e por isso, os pais ao saberem do seu paradeiro, deixam-no ficar, ainda mais sabendo que são pessoas de confiança.

Apesar de ser uma história interessante, na minha opinião, faltam condimentos mais apurados para que o leitor possa saborear este livro como um prato principal e não como uma sobremesa.

(Obrigada trisousa pelo BookRing!)

2 comentários:

cris on 11:06 disse...

Este foi um dos que não consegui acabar...Ao fim de 75 pags, larguei-o! O meu comentário em:http://otempoentreosmeuslivros.blogspot.com/2010/11/nao-gostei-pronto
.html
Boas leituras!

Anónimo disse...

Olá, eu acabei agora de ler e sinceramente ADOREI!, ainda não tinha
lido nenhum livro desta autora.

Obrigada

 

Livros, o meu vício Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare