terça-feira

"Nunca me Esqueças" de Lesley Pearse

Publicada por Ana Isabel Pedroso

Sinopse:
“Naquele que seria o dia mais decisivo da sua vida, Mary – filha de pescadores humildes da Cornualha – traçou o seu destino ao roubar uma chapéu.

O seu castigo: a forca.

A sua única alternativa: recomeçar a vida no outro lado do mundo.

Dividida entre o sonho de começar de novo e o terror de não sobreviver a tão dura viagem, Mary ruma à Austrália, na época uma colónia de condenados. O novo continente revela-se um enorme desafio onde tudo é desconhecido... como desconhecida é a assombrosa sensação de encontrar o grande amor da sua vida.

Apaixonada, Mary vai bater-se pelos seus sonhos sem reservas ou hesitações. E a sua luta ficará para sempre inscrita na história.

Inspirada por uma excepcional história verídica, Lesley Pearse – a raínha do romance inglês – apresenta-nos Mary Broad e, com ela faz-nos embarcar numa montanha russa de emoções únicas e inesquecíveis.”

“Esmagador.” Daily Mail

“Uma das escritoras preferidas das leitoras inglesas.” The Times

“Um romance comovente e apaixonante na melhor tradição de Lesley Pearse.” The Bookseller
Sobre a autora:
Lesley Pearse é uma das mais estimadas romancistas do Reino Unido, traduzida para mais de trinta línguas e com cerca de três milhões de exemplares vendidos. Em Portugal, apesar de ser uma autora desconhecida, o seu romance Nunca Me Esqueças foi um estrondoso sucesso. Uma contadora de histórias talentosa e uma mestre em enredos que mantêm os leitores agarrados do início ao fim, Lesley Pearse apresenta-nos personagens que não conseguimos esquecer. Não há uma fórmula para os seus livros ou um género em que os possamos catalogar. Quer seja o crime em Till We Meet Again, o romance histórico de aventuras como Never Look Back ou o apaixonadamente emotivo Trust Me, baseado no escândalo verídico do envio de crianças para a Austrália no pós-guerra, ela tem a capacidade para envolver completamente o leitor.

A realidade ultrapassa muitas vezes a ficção e a vida de Lesley tem sido tão recheada de drama como os seus livros. Ela tinha três anos quando a mãe morreu em circunstâncias trágicas. O pai estava em alto-mar e foi só quando uma vizinha viu Lesley e o irmão a brincar fora de casa sem os casacos vestidos que se começou a suspeitar o que acontecera – a mãe deles já estava morta há algum tempo. Com o pai na Marinha, Lesley e o irmão mais velho passaram três anos em orfanatos sombrios antes de o pai voltar a casar com uma terrível ex-enfermeira do Exército. Lesley e o irmão regressaram a casa, acompanhados por duas crianças que foram depois adoptadas pelo pai e pela madrasta e por uma corrente constante de crianças, pois tornaram-se numa família de acolhimento. O impacto das constantes mudanças e da incerteza nos primeiros anos de vida de Lesley reflecte-se num dos temas mais recorrentes dos seus livros: o que acontece a quem sofre perdas emocionais durante a infância. Ela teve uma infância fora do vulgar e, em todos os seus livros, Lesley conseguiu conciliar a dor e a infelicidade das suas primeiras experiências com um talento único para contar histórias.
A minha opinião:
Já tinha este livro há bastante tempo, mas depois de ler algumas críticas e de me terem aconselhado vivamente a leitura deste livro, resolvi mesmo pegar nele e iniciar a sua leitura! Muito bom!
Foi o 1º livro que li desta autora e fiquei fã!
A história de Mary Broad é uma história verídica. Uma parte da sua vida foi vivida com muito sofrimento...e pergunto eu, como se consegue?
Mary Broad foi uma mulher com muita força, muita determinação, uma mulher que soube lutar sem nunca desanimar.
Será que nos dias de hoje haverá mulheres com a mesma fibra que Mary Broad...não sei...talvez, muito poucas!
Mary Board é um exemplo a seguir pela sua luta de conseguir ultrapassar grandes obstáculos e de sair vencedora!
Recomendo!!!!!!!

12 comentários:

BalDocas on 05:36 disse...

Olá,

É um livro muito bom. É daqueles livros, que não nos apetece parar de ler. E quando achamos que já não poderá acontecer mais nada àquela miúda, eis que somos novamente surpreendidos com mais uma história.

Então se gostou deste recomendo também o outro livro dela "Procuro-te", que também é muito bom.
É uma história totalmente diferente, mas não deixa de ser muito bom.

Beijo

Carla Martins on 10:29 disse...

Nossa, que demais!!! Parece ser ótimo...vai para a minha lista!!!

Agora, ser efnrocada por causa de um chapéu é castigo demais, não??? Credo!

Ana Maria on 16:17 disse...

Ainda não li. Mais um para a lista!

Marta on 02:49 disse...

Ola Ana
Desejo uma boa semana
Adorei imenso este livro.
Beijinho

Bruna on 07:00 disse...

Olá!
Este não foi o primeiro livro que li dos dois que esta escritora publicou, mas foi este mesmo o primeiro a ser publicado.

Dos dois que li, este sem dúvida foi o que me mais marcou...

Acho sinceramente que é uma história que marca qualquer um, perante as lições de vida que transmite e que tanto nos faz reflectir até ao fim.

Eu fiquei comovida e também extremamente chocada, perante cenas tão perturbadoras que são descritas e que fizeram parte de uma história real, de uma mulher espantosa.

Fiquei com pena, de não saber o seu destino no final da história. Depois de uma prova como esta que passou, gostava que Mary tivesse acabado por ter direito á felicidade, ao amor e ao aconchego.

Espreita o meu blog...

Beijinhos

Anónimo disse...

Estou a ler esse livro, é uma história muito comovente. LÊ também o livro "Procuro-te", da mesma escritora. Adorei. é fantástico, quando sairem mais livros da Lesley Pearse comonica, né? Bjx

Não se esqueça,... lei-a mesmo.

Anónimo disse...

Estou a ler esse livro, é uma história muito comovente. LÊ também o livro "Procuro-te", da mesma escritora. Adorei. é fantástico, quando sairem mais livros da Lesley Pearse comonica, né? Bjx

Não se esqueça,... lei-a mesmo.

Ana on 05:48 disse...

Anónimo, obrigada pela dica...vou ler!

Na altura do Natal saiu um novo livro, "Segue o Coração".

Boas Leituras!!!

Carla Oliveira on 05:25 disse...

Carla Oliveira
Nunca me esqueças - O que farias por amor

Um livro que aconselho vivamente a todas as pessoas que gostam de ler. Este livro ilustra factos reais do nosso dia-a-dia.
Foi uma mulher humilde e inocente que para obter a sua liberdade se submeteu a um canibal, um homem, que se aproveitava dela. Amadureceu drasticamente e se transformou numa mãe estremosa e protetora. Quem no lugar do coração não tiver uma pedra, sensibiliza-se, arrepia-se e até mesmo chora.
Meus Parabéns

Anónimo disse...

boa noite a todos,ja alguem leu a melodia do amor?!sobre 3 irmaos,vale a pena tambem.

Andreia Ribeiro on 12:32 disse...

Li este livro para uma apresentação de Português. Gostei do livro e apesar de saber que baseou-se numa historia verídica gostaria que Mary ficasse com o capitão Tech...

Anónimo disse...

ola.estou a ler o livro e estou a adorar.disseram-me que há um filme baseado neste livro. gostava de saber o nome do filme para poder vê-lo apesar de normalmente fico desiludida ao ver os filmes de livros que já li. obrigado.
Parabéns pelo blog.

 

Livros, o meu vício Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare