terça-feira

ELO - Electric Light Orchestra

Publicada por Ana Isabel Pedroso
"Confusion"

No sábado passado estive em casa da minha prima e lembrei-me de lhe perguntar por umas das músicas que se ouvia nas festas, em casa dela, "Confusion" dos ELO - Electric Light Orchestra!!!

Adorava esta música, tinha qualquer de árabe, de mágico, ...transportava-nos para outra era.


Quanto às minhas leituras, andam um pouco paradas, neste momento estou a ler "A Paixão de Maria Madalena" de Margaret George, um empréstimo da minha madrinha do BC, a Fern2005.

Estou a gostar, é um pouco diferente, do que eu habitualmente leio, mas está a ser interessante.

"A Paixão de Maria Madalena" - volume I

Margaret George apresenta-nos o seu romance histórico mais ambicioso e envolvente: a história de Maria Madalena, a amada discípula e companheira de Jesus. Mas quem foi de facto esta mulher? Uma prostituta? Uma representação do sagrado feminino? Uma líder da igreja? Ou todas elas? Embora as referências bíblicas a Maria Madalena sejam surpreendentemente breves, continua a provocar controvérsia, curiosidade e veneração. Conhece-se mais sobre ela do que sobre a maioria dos discípulos de Cristo e ainda hoje é reverenciada como a "Apóstola dos Apóstolos".
Brilhantemente sustentada em investigações históricas e bíblicas, Margaret George recria a vida de Maria Madalena. Da sua infância e adolescência como uma menina comum — com os seus sonhos, visões, erotismo e o encontro com Jesus — até à sua transformação numa mulher adulta e independente, que vive uma notável transformação espiritual. Em última instância, Maria Madalena transcende a história e a ficção para se transformar num “diário da alma”, numa viagem que é sempre pessoal mas também universal. A sua é uma história de fé e, como tal, Maria Madalena é a soma de todas as mulheres.”Um romance arrebatador e inteligente que celebra uma das grandes mulheres do Cristianismo e da humanidade.”
—KIRKUS REVIEWS - "Maria Madalena evoca com grande autenticidade os cheiros, cores e multidões da antiga Judeia. Mas o melhor ainda é a sua evocação dos deuses e demónios da época."
—THE WASHINGTON POST - "Maria Madalena transcende tanto a história como a ficção para se transformar num “diário da alma."
—AMAZON.COM - "Um livro que informa, comove e surpreende."

1 comentários:

Ferncarvalho on 07:00 disse...

Boas leituras minha rica afilhadinha!!!
Beijocas

 

Livros, o meu vício Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare