quarta-feira

"Salva-me" de Guillaumo Musso

Publicada por Ana Isabel Pedroso

Sinopse:
"Uma história encantadora repleta de fantasia, "suspense" e amor. O insólito encontro entre Juliette e Sam é explosivo e mágico. Mas o apaixonado fim-de-semana que vivem juntos é maculado pela mentira. Sam, viúvo, diz ser casado; Juliette, empregada num café, diz-se advogada. Juliette tem de regressar a Paris e Sam acompanha-a ao aeroporto. É o instante decisivo em que o destino deles pode mudar, mas nem um nem outro ousa pronunciar as palavras necessárias. Meia hora mais tarde, chega a notícia: o avião de Juliette explodiu em pleno voo. Sam é agora um homem desesperado. Está longe de imaginar que a história deles não acaba aqui..."
Sobre o autor:
Em criança costumava acompanhar a mãe, bibliotecária, até ao local de trabalho e aí perdia-se com as histórias fantásticas que lhe contavam. Aos 15 anos escreveu o primeiro conto, onde o sobrenatural tinha uma preponderância crucial.
O êxito obtido com este pequeno texto junto do professor de Francês e dos colegas de turma foi premonitório para Guillaume Musso. Aos 32 anos, este jovem escritor nascido nas Antibes conquistou já um lugar cimeiro como autor de rotundos êxitos editoriais.
Em Portugal a Bertrand acaba de publicar "Salva-me", o seu segundo romance que, em três meses, vendeu mais de 85 mil exemplares em França, seguindo deste modo as pegadas do romance de estreia do autor "E depois", que vendeu mais de meio milhão de exemplares.
Para Guillaume Musso, o amor é sempre uma história de suspense aliada a uma pequena dimensão sobrenatural. Explica ele que, "o sobrenatural é um meio de falar de coisas graves mas sem assustar as pessoas. O sobrenatural permite-me falar da morte, da doença, da perda, sem chocar", diz o autor.
Nos livros de Guillaume Musso há sempre a influência de uma cultura clássica mesclada por uma vertente mais contemporânea. Ele próprio confessa que o seu encontro com a literatura ter-se-á dado quando, na biblioteca municipal dirigida pela mãe, descobriu os livros de Agatha Christie. Depois leu muito Emily Bronte e Albert Cohen, mas também Victor Hugo, Dostoievsky, Tolstoi e Stephen King.
"Nos meus livros, os fantasmas são uma espécie de metáfora da morte. Servem-me para falar do tempo que passa, para falar da dor que se sente quando se perde alguém que se ama. Tento contar uma historia que aparentemente pode parecer muito ligeira, mas dando-lhe uma dimensão mais profunda".
Nos seus livros é a cidade de Nova Iorque que serve de cenário. Tudo porque, aos 19 anos Guillaume Musso decidiu sair de Paris e rumar até Nova Iorque "a cidade onde toda a gente chega". Ali viveu cinco meses a vender gelados a quatro dólares à hora.
"Colectivamente sabemos que Nova Iorque é a cidade onde possivelmente o impossível pode acontecer. E isso torna tudo mais credível", adianta.
"Tento sempre escrever livros que goste tanto de ler como os leitores. A minha única estratégia é contar uma história da melhor maneira possível Se me agradar a mim talvez também agrade aos outros". Formado em Ciências Económicas pela Universidade de Nice, Guillaume Musso é, desde 1999, professor no Liceu Lorraine e formador na Universidade de Nancy.
Em Maio de 2001, tinha então 27 anos, publicou o seu primeiro romance, "Skidamarink" mas foi com "E Depois" (com mais de meio milhão de exemplares vendidos em França e 100 mil na Itália e na Alemanha), que acabou por conhecer um grande sucesso.
A este reconhecimento público seguiu-se um novo sucesso editorial com "Salva-me". Nova Iorque, o acaso e o amor, a iminência da morte são os temas centrais da sua obra. Assuntos estes que têm despertado o interesse de um leque alargado de leitores, que se sentem atraídos pela simplicidade da sua escrita e pelo constante apelo ao fantástico.
Fonte: Jornal de Noticias
A minha opinião:
Gostei muito!
Uma leitura diferente, mas muito agradável!
(Obrigada AnjoDiogo pelo BookRing)

8 comentários:

Livros de Bia on 16:38 disse...

Oi Ana,
Vi que está lendo Danielle Steel.
Esse livro dela eu amei. E que capa linda fizeram ai em Portugal!!!
Bjs e aguardo sua opinião sobre Uma vez só na vida!

Regina d'Ávila on 08:14 disse...

E aí, tem feriado dia 23?
Bom final de semana,
Super beijossssssss
Regina.

Regina d'Ávila on 14:43 disse...

Verdade Ana,
Deu uma saudade do Sítio do Pica-pau Amarelo...
Bons tempos...hahaha..
Super beijossssssssss
Regina.

flicka on 15:35 disse...

Também li este livro e gostei muito!

Migalhas on 16:15 disse...

Guillaume Musso foi a minha grande descoberta literária do ano passado (graças ao BC, claro!)! Já li tudo o que foi publicado por cá e adoro.

Marta on 09:28 disse...

Nunca li nada desta autora. Mas, vou ter de adquirir, pois estou curiosa.

Beijinho

Projecto /Lê/ on 06:14 disse...

Ando a pensar neste livro há muito, será mesmo uma das próximas leituras.

Ana, do Projecto /Lê/

Daisy Maria on 05:02 disse...

li este livro há dois anos, penso, e adorei :) este ano voltei a lê-lo para apresentar em ptg, e eis que numa procura de imagens sobre ele encontrei este fantástico blog :D sou louca por livros!

 

Livros, o meu vício Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare