terça-feira

"Diário de uma Mãe" de James Patterson

Publicada por Ana Isabel Pedroso
"Do autor de Alex Cross, o detective psicanalista que a América tão bem conhece, protagonista de sete thrillers que se tornaram bestsellers, chega Diário de Uma Mãe, um intenso romance que nos envolve numa apaixonante história de amor. Katie trabalha numa prestigiada editora em Nova Iorque quando conhece Matt, o homem perfeito em tudo o que ela tinha imaginado e que está à sua frente a pedir-lhe que ela publique o seu livro de contos. O amor entre os dois inevitavelmente acontece e uma vibrante relação é vivida ao longo de onze meses. Mas um dia, sem explicação, ele desaparece deixando apenas um diário, escrito por uma mulher chamada Suzanne. Recentemente mãe, Suzanne descrevia como conheceu o pai do seu filho Nicholas, quais as suas perspectivas de família e esperanças de casamento e como se sentia feliz em ter uma criança na vida dela. Ao ler este comovente documento Katie percebeu que o homem que a tinha acabado de deixar era o marido e o pai desta jovem família."
Lindo!!!
Adorei!!!
Um amor tão puro, tão sincero, tão vivido a cada momento.
Gostei deste excerto:
"Imagina que a vida é um jogo, cujo objectivo é manter três bolas no ar. As bolas chamam-se trabalho, família, saúde, amigos e integridade. E tens de as manter todas no ar ao mesmo tempo. Mas, um dia, percebes que o trabalho é uma bola de borracha. Se a deixares cair, volta para ti. As outras quatro bolas (família, Saúde amigos e integridade) são de vidro. Se deixares cair uma delas, ficará irreparavelmente rachada, lascada ou mesmo partida em pedaços. E assim que aprenderes realmente a lição da cinco bolas, terá o nício do equilíbrio na tua vida"
Um dos excertos que mais me tocou e me fez chorar:
"A música está a tocar, mas tu não estás no berço.Lembro-me da Mamã a sair de casa para dar as suas voltas naquela manhã. Gritei-lhe «Eu amo-te» e ela soprou-me um beijo. Depois enrugou o nariz daquela forma especial que só ela sabe fazer. Tu sabes o que eu quero dizer. Tu conheces aquele olhar dela. Depois deu-me o seu «famoso piscar de olhos» e consigo visualizar tudo agora. Estou a ver Suzanne.Os seus braços estão carregados, porque ela está contigo ao colo, meu querido bebé. Queria que tu fosses o primeiro a ver as lindas fotografias emolduradas. Foi por isso que ela te levou á cidade naquela manhã do teu aniversário." - e percebi o que tinha acontecido.
Um livro a não perder!

3 comentários:

Borboleta on 07:45 disse...

Pela tua opinião o livro pareceu-me ser muito bonito… tb gostava de ter a oportunidade de lê-lo qualquer dia!!!

Boas Leituras

Ferncarvalho on 06:36 disse...

Tb chorei baba e ranho...
Buáááá!!!!
Beijos com saudadinhas

Maria Eugenia Ponte on 08:04 disse...

Ora aqui está um livro que eu quero ler, Ana!
Nunca fui mãe mas esta experiência de "avó emprestada" tem feito de mim uma outra mulher.
Obrigada pela tua amizade e por este blogue lindo!
Atribui-te um prémio, podes ver no meu blogue:
Artesanato:

Beijinhos grandes, para ti e para a Chocolate...

 

Livros, o meu vício Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare