segunda-feira

"A Vida num Sopro" de José Rodrigues dos Santos

Publicada por Ana Isabel Pedroso

Título: A Vida Num Sopro

Autor: José Rodrigues dos Santos

Género: Um romance para compreender o Século XX português.
Um thriller histórico surpreendente.

Páginas: 616

Editora: Gradiva Publicações



Sinopse:
 Portugal, anos 30.
Salazar acabou de ascender ao poder e, com mão de ferro, vai impondo a ordem no país. Portugal muda de vida. As contas públicas são equilibradas, Beatriz Costa anima o Parque Mayer, a PVDE cala a oposição.

Luís é um estudante idealista que se cruza no liceu de Bragança com os olhos cor de mel de Amélia. O amor entre os dois vai, porém, ser duramente posto à prova por três acontecimentos que os ultrapassam: a oposição da mãe da rapariga, um assassinato inesperado e a guerra civil de Espanha.

Através da história de uma paixão que desafia os valores tradicionais do Portugal conservador, este fascinante romance transporta-nos ao fogo dos anos em que se forjou o Estado Novo.

Com A vida num sopro, José Rodrigues dos Santos traz o grande romance de volta às letras portuguesas.


Críticas de imprensa:
"Um estilo literário prodigiosamente poético e melódico" - Literaturzirkel Belletristik, Alemanha

"Com uma escrita clara e escorreita, mantém o leitor colado à história" - Corriere della Sera, Itália

"José Rodrigues dos Santos fascina e informa, ao mesmo tempo que entretém" - Shelf Awareness, Estados Unidos

"Para ler com prazer" - El Correo Gallego, Espanha

"Escrito com bom humor e uma erudição que resultam numa linguagem fluida" - Bravo, Brasil

"O português dos Santos escreveu de facto um grande romance" - Bild am Sonntag, Alemanha

"Um thriller histórico refrescante" - Kirkus Reviews, Estados Unidos

"Um romance misterioso e atraente" - Il Messagero di Roma, Itália


Sobre o autor:
José Rodrigues dos Santos nasceu em 1964 Moçambique. É sobretudo conhecido pelo seu trabalho como jornalista, carreira que abraçou em 1981, na Rádio Macau. Trabalhou na BBC, em Londres, de 1987 a 1990, e seguiu para a RTP, onde começou a apresentar o 24 horas. Em 1991 passou para a apresentação do Telejornal e tornou-se colaborador permanente da CNN entre 1993 e 2002.


Doutorado em Ciências da Comunicação, é professor da Universidade Nova de LIsboa e jornalista da RTP, tendo ocupado por duas vezes o cargo de Director de Informação. da televisão pública. É um dos mais premiados jornalistas portugueses, galardoado com dois prémios do Clube Português de Imprensa e três da CNN, entre outros.


A minha opinião:
Muito Bom! Um livro que se lê num sopro...hihi
Uma leitura muito interessante, onde o autor nos dá a conhecer expressões usadas na zona de Trás-Os-Montes e nos brinda com algum humor, por sinal, muito oportuno.

Este livro além de nos contar uma linda e arrebatadora história de amor, também nos faz lembrar um pouco da nossa História recente. A época da acção situa-se nos anos 30, quando Portugal era governado por Salazar. Era uma época muito difícil, onde a liberdade de expressão não existia. Quem não seguia os princípios da política Salazarista, tinha o governo à perna.
O autor também aborda no livro a guerra civil de Espanha, no tempo do Franco.

Este livro segue a linha do livro "A Filha do Capitão", do mesmo autor. Pelo meio ainda li "O Codex", mas confesso que achei muito aborrecido, talvez por ele abordar o tema da física e da química, que não são do meu agrado.

Este livro apesar de 609 páginas é um livro que se lê muito bem e depressa. A fluídez da escrita e o tema ajudam a que a leitura se faça de modo muito rápido e muito absorvente.

(Obrigada Anabela pelo empréstimo!)



 

8 comentários:

Iceman on 04:32 disse...

Então agora lê o Anjo Branco que é a continuação da Vida num Sopro.

L.C.Lavado on 00:24 disse...

Também gostei muito :)
Mas o meu preferido continua a ser "A Filha Do Capitão" ;)

Ana on 01:45 disse...

Olá,

Iceman, brevemente espero ler esse livro ;)

L.C.Lavado, também é o meu preferido ;)

Boas Leituras!!!

Maria Eugenia Ponte on 15:09 disse...

Ainda não li este livro do JRS, ofereci-o à minha sobrinha Patricia e combinámos que ela me emprestava quando acabasse de o ler mas, entretanto, nunca mais lhe falei nele.
Quando conseguir dar conta dos que estão na mesa de cabeceira, vou ver se o leio.
Beijinhos e bom fim de semana, obrigada pelos simpáticos comentários no meu blogue.
:-)))

Kikas on 08:40 disse...

li-o há dois anos, quando saiu.. é espectacular, como todos os de josé rodrigues dos santos!! estou agora a ler 'o anjo branco' :)

miGuel pesTana on 00:52 disse...

Nunca li nenhum do autor.é vergonhoso, eu sei..mas pelo que tenho me apercebido, A filha do capitao é um dos melhores dele.Já leste-o Ana?

Ana on 03:19 disse...

MiGuel pesTana, já tive oportunidade de ler "A Filha do Capitão" e adorei! Uma excelente leitura!

ana costa on 04:15 disse...

Já tive o prazer de ler este livro,como quase todos os livros do áutor, são tds muito bons. Neste momento estou a ler O anjo branco que tb é fantástico

 

Livros, o meu vício Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare