quinta-feira

"Uma vez na vida" da Danielle Steel

Publicada por Ana Isabel Pedroso 18 comentários


Sinopse:
"Após sofrer um grave acidente, a romancista Daphne Fields vê passar, na tela de sua mente,todos os acontecimentos que marcaram sua vida.

Seus amores e suas tragédias lhe ensinam que só se ama uma vez na vida, mas que é uma vez para cada tipo de amor.

Em uma noite de natal seu marido Jeffrey e sua filhinha Aymeé morrem num incêndio. Ela não sabia, mas estava grávida. O bebê, Andrew, nasce surdo e ela sofre ao tentar adapta-lo ao mundo,até aceitar que ele tem que conviver com outros iguais a ele numa escola especial. É nessa época que ela começa a escrever.

Após alguns anos, ela conhece John Fowler, homem do campo, por quem ela se apaixona e os dois vivem um período de intensa felicidade, até que um acidente na floresta onde ele trabalhava derrubando árvores o mata.

Novamente sozinha, ela tem certeza de que nunca mais conseguirá amar de novo. Seus livros fazem sucesso e ela é chamada para fazer um roteiro de filme para um deles. Obrigada a ir a Los Angeles acompanhar as filmagens, acaba se envolvendo com Justin – o actor principal. Mas no estilo de vida hollywoodiano dele não há lugar para ela e sua vida simples do campo e com um filho que ele diz ser retardado.

Ao descobrir que ele a trai, ela o abandona. Durante todo esse tempo, uma pessoa esteve sempre por perto: Matthew – director da escola de Andrew, amigo nos momentos difíceis, conselheiro, tão solitário quanto ela.

Aos poucos ela se dá conta do que sente por ele,mas tem medo de amar e perder de novo, então prefere sufocar este sentimento. Mas no seu leito de hospital ela lembra o quanto a vida é frágil e que temos que aproveitar o pouco tempo que temos com cada pessoa que nos é querida, e amar todos os amores até quando nos é permitido."

Sobre a autora:
Escritora norte-americana, nascida em 1949, em Nova Iorque, autora de best-sellers no seu país e no estrangeiro.

Escreve livros sobre dramas da realidade quotidiana ligados essencialmente ao amor, às relações conturbadas, à traição, à separação e ao sofrimento, mas com o sempre desejado desenlace feliz. Escreveu o seu primeiro livro em 1973, Going Home, mas só em 1978 alcançou a fama com The Promise, que se tornou um best-seller.

A partir dessa altura, foi a consagração do seu reconhecimento como uma das grandes escritoras norte-americanas. As suas obras são best-sellers em mais de 45 países.

Para além de literatura para adultos, escreveu também livros para crianças. Mãe de nove filhos, interessa-se pelo bem-estar das crianças em geral, participando com porta-voz da American Humane Association (AHA). Mais de vinte obras suas foram adaptadas a séries e filmes televisivos. Fazem parte do vasto conjunto das suas obras os seguintes títulos: "Family Album" (1985, "Álbum de Família"), "Jewels" (1992, "Jóias"), "Accident" (1994), "The Ranch" (1997, "O Rancho"), "Granny Dan" (1999, "A Avó Dan"), "The Wedding" (2000), "The Kiss" (2001) e "Sunset in St. Tropez" (2002).

A minha opinião:
Muito bom!
(Obrigada Renata pelo excelente empréstimo!)

sexta-feira

Selinho da Amizade!

Publicada por Ana Isabel Pedroso 16 comentários




" Conhecer alguém aqui e ali que pensa e sente como nós, e que embora distante, está perto em espírito, eis o que faz da Terra um jardim habitado."
(Goethe)

Recebi este lindo selo das minhas Amigas, Gena e Semidio!!!


Muito Obrigada!!!


A regras deste miminho são:
. Poste o selo no seu blog
. Deixe um comentário aqui no meu blog»
. Avise os amigos a quem oferecer o selo
. Poste uma mensagem que fale de amizade

segunda-feira

"O Meu Triste Segredo" de Jenny Tomlin

Publicada por Ana Isabel Pedroso 16 comentários


Sinopse:
Uma história verídica de abuso e sobrevivência

Este é o relato comovente de Jenny, Kim e Lawrence, três irmãos marcados por uma infância de miséria e terror. Sem qualquer gesto de carinho ou conforto, as crianças tentavam cuidar e proteger-se umas às outras da forma que sabiam.Só a força do amor e da união entre Jenny e os irmãos permitiu que esta fosse uma história de triunfo e esperança.

"Esta mulher é uma inspiração e é uma honra tê-la como mãe."Martine McCutcheon (actriz no filme Love Actually, onde contracenou com Hugh Grant).

A minha opinião:
Eu só pergunto, como é que uma mãe deixa acontecer coisas destas!
O que estas crianças não sofreram!
Lutaram e conseguiram vencer na vida.
Gostei de ler, embora a leitura às vezes se tornasse um pouco "pesada".
(Obrigada fbeatriz pela oportunidade de fazer parte deste aliciante projecto do site "Segredo dos Livros"!)

quarta-feira

"Salva-me" de Guillaumo Musso

Publicada por Ana Isabel Pedroso 8 comentários

Sinopse:
"Uma história encantadora repleta de fantasia, "suspense" e amor. O insólito encontro entre Juliette e Sam é explosivo e mágico. Mas o apaixonado fim-de-semana que vivem juntos é maculado pela mentira. Sam, viúvo, diz ser casado; Juliette, empregada num café, diz-se advogada. Juliette tem de regressar a Paris e Sam acompanha-a ao aeroporto. É o instante decisivo em que o destino deles pode mudar, mas nem um nem outro ousa pronunciar as palavras necessárias. Meia hora mais tarde, chega a notícia: o avião de Juliette explodiu em pleno voo. Sam é agora um homem desesperado. Está longe de imaginar que a história deles não acaba aqui..."
Sobre o autor:
Em criança costumava acompanhar a mãe, bibliotecária, até ao local de trabalho e aí perdia-se com as histórias fantásticas que lhe contavam. Aos 15 anos escreveu o primeiro conto, onde o sobrenatural tinha uma preponderância crucial.
O êxito obtido com este pequeno texto junto do professor de Francês e dos colegas de turma foi premonitório para Guillaume Musso. Aos 32 anos, este jovem escritor nascido nas Antibes conquistou já um lugar cimeiro como autor de rotundos êxitos editoriais.
Em Portugal a Bertrand acaba de publicar "Salva-me", o seu segundo romance que, em três meses, vendeu mais de 85 mil exemplares em França, seguindo deste modo as pegadas do romance de estreia do autor "E depois", que vendeu mais de meio milhão de exemplares.
Para Guillaume Musso, o amor é sempre uma história de suspense aliada a uma pequena dimensão sobrenatural. Explica ele que, "o sobrenatural é um meio de falar de coisas graves mas sem assustar as pessoas. O sobrenatural permite-me falar da morte, da doença, da perda, sem chocar", diz o autor.
Nos livros de Guillaume Musso há sempre a influência de uma cultura clássica mesclada por uma vertente mais contemporânea. Ele próprio confessa que o seu encontro com a literatura ter-se-á dado quando, na biblioteca municipal dirigida pela mãe, descobriu os livros de Agatha Christie. Depois leu muito Emily Bronte e Albert Cohen, mas também Victor Hugo, Dostoievsky, Tolstoi e Stephen King.
"Nos meus livros, os fantasmas são uma espécie de metáfora da morte. Servem-me para falar do tempo que passa, para falar da dor que se sente quando se perde alguém que se ama. Tento contar uma historia que aparentemente pode parecer muito ligeira, mas dando-lhe uma dimensão mais profunda".
Nos seus livros é a cidade de Nova Iorque que serve de cenário. Tudo porque, aos 19 anos Guillaume Musso decidiu sair de Paris e rumar até Nova Iorque "a cidade onde toda a gente chega". Ali viveu cinco meses a vender gelados a quatro dólares à hora.
"Colectivamente sabemos que Nova Iorque é a cidade onde possivelmente o impossível pode acontecer. E isso torna tudo mais credível", adianta.
"Tento sempre escrever livros que goste tanto de ler como os leitores. A minha única estratégia é contar uma história da melhor maneira possível Se me agradar a mim talvez também agrade aos outros". Formado em Ciências Económicas pela Universidade de Nice, Guillaume Musso é, desde 1999, professor no Liceu Lorraine e formador na Universidade de Nancy.
Em Maio de 2001, tinha então 27 anos, publicou o seu primeiro romance, "Skidamarink" mas foi com "E Depois" (com mais de meio milhão de exemplares vendidos em França e 100 mil na Itália e na Alemanha), que acabou por conhecer um grande sucesso.
A este reconhecimento público seguiu-se um novo sucesso editorial com "Salva-me". Nova Iorque, o acaso e o amor, a iminência da morte são os temas centrais da sua obra. Assuntos estes que têm despertado o interesse de um leque alargado de leitores, que se sentem atraídos pela simplicidade da sua escrita e pelo constante apelo ao fantástico.
Fonte: Jornal de Noticias
A minha opinião:
Gostei muito!
Uma leitura diferente, mas muito agradável!
(Obrigada AnjoDiogo pelo BookRing)

segunda-feira

Louca por Compras, o filme!

Publicada por Ana Isabel Pedroso 12 comentários




Sinopse:
"Quando as coisas se descontrolam - os descontrolados vão às compras. A autora é louca por compras, está enterrada de dívidas até aos ossos e passa o tempo a tentar escapar ao seu gerente de conta. A sua única esperança é tentar ganhar mais e gastar menos. O seu único consolo é comprar alguma coisa - Só alguma coisinha... Louca por Compras esteve várias semanas nas listas de livros mais vendidos no Reino Unido. "
A minha opinião:
Não li o livro, mas vi filme este fim de semana..o que posso dizer é que é HILARIANTE!!!!!
Se querer querem passar 104 minutos divertidos, este é o filme indicado!

sábado

Boa Páscoa!!!

Publicada por Ana Isabel Pedroso 0 comentários

sexta-feira

"A Saga de um Pensador" de Augusto Cury

Publicada por Ana Isabel Pedroso 12 comentários


Sinopse:
"Neste seu primeiro romance, o psiquiatra Augusto Cury narra a trajectória de Marco Polo – não o navegador e aventureiro veneziano do século XIII, mas um jovem que embarca na grande aventura que é a vida. Marco Polo é um estudante de Medicina, um espírito livre cheio de sonhos e expectativas. Ao entrar para a faculdade, é confrontado com uma dura realidade: a da insensibilidade e frieza dos seus professores, que não percebem que cada paciente é, mais do que um conjunto de sintomas, um ser humano com uma história complexa e única de perdas e desilusões. Indignado, o jovem desafia profissionais de renome internacional para provar que os pacientes com perturbações psíquicas precisam de mais que remédios e diálogo – precisam de ser tratados como pessoas, como iguais. Numa luta constante contra a discriminação, Marco Polo vai provocando uma verdadeira revolução de mentalidades..."



Sobre o autor:
Augusto Cury, psiquiatra, psicoterapeuta, cientista e escritor, é o autor de “best-sellers” como “Você É Insubstituível”, “Pais Brilhantes, Professores Fascinantes” e “Filhos Brilhantes, Alunos Fascinantes”, entre outros, sendo o autor da obra que recentemente acabei de ler “A Saga de um Pensador – A Paixão Pela Vida”.



A minha opinião:
Sentia muita curiosidade em ler este livro, e de facto, superou as minhas expectativas...excelente!!!
Um livro que nos ensina muito sobre a vida.
Obriga-nos a reflectir, a termos atenção ao que nos rodeia.
Essencialmente pode ensinar-nos a termos uma outra perpectiva da vida, a tirarmos partido aquilo que a vida nos oferece.
Um livro que todos deviam de ler!!!
(Obrigada Baiia pelo BookRing!)

quinta-feira

"Descalças" de Elin Hilderbrand

Publicada por Ana Isabel Pedroso 5 comentários


Sinopse:
"Três mulheres – carregadas com crianças e alguns problemas emocionais óbvios – chegam ao aeroporto de Nantucket numa quente tarde de Verão. Vicki, mãe de dois rapazes, está a tentar aceitar a notícia de que tem uma doença grave; a irmã, Brenda, foi despedida do seu prestigiado emprego de professora universitária por manter uma relação íntima com um estudante; e a amiga de ambas, Melanie, após sete tentativas falhadas de fertilização in vitro, está finalmente grávida – depois de descobrir que o marido tem um caso.Com o intuito de sarar as suas feridas, apanhando sol e sentindo a areia nos pés, «fugiram» para Nantucket sem saber que encontrariam Josh, um desconhecido que mudará as suas vidas.

Será que a adorável casa de férias, que pertence à família há gerações, vai ser suficientemente grande para o turbilhão de emoções que a invade?Descalças une estas quatro vidas numa história irresistível. Um romance tão divertido, memorável e agridoce quanto a própria vida."



Sobre a autora:
Elin Hilderbrand vive em Nantucket com o marido e os três filhos pequenos. Cresceu em Collegeville, Pensilvânia, e viajou muito antes de assentar em Nantucket, que é também o cenário dos seus outros romances. Hilderbrand formou-se na Universidade John Hopkins e frequentou o workshop de ficção para licenciados na Universidade do Iowa. As suas obras são presença constante nas listas dos mais vendidos de The New York Times.


Críticas:
«Nas mãos de Hilderbrand, é fácil deixar-se apanhar pela história.» Kirkus Review
«Uma leitura envolvente.» Star
«Inteligente e comovente.» Sainsbury’s Magazine
«Um dos romances de maior sucesso da reconhecida escritora para mulheres.» El Mundo

A minha opinião:
Gostei, gostei muito!!!
Um livro que se lê bem, embora, quando fala dos tratamentos da Vicki, seja um pouco mais doloroso, mais emotivo.
Mostra-nos, que temos de resolver os problemas e não fugir deles. Também nos mostra o valor da amizade, aquela amizade sincera, sem cobranças.
Recomendo-o!!!
(Obrigada MissChocolat pelo empréstimo!)
 

Livros, o meu vício Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare